Auto Sabotagem: O que é, Porque Acontece e Como Vencer

Auto Sabotagem: O que é, Porque Acontece e Como Vencer

O que é auto sabotagem?

A auto sabotagem é quando de forma consciente ou inconsciente nós criamos obstáculos e barreiras pra que façamos o que precisamos ou alcançemos nossos objetivos. Ela está ligada a uma forma de pensar negativa, e esse pensamento é algo que geralmente foi criado com o tempo. Também se liga a hábitos negativos, como procrastinação, falta de foco e baixa autoestima.

A grande dificuldade para sair desse vício de pensamentos de auto sabotagem é que isso se torna algo muito enraizado em nossa mente, construído baseado em muitos anos de pensamentos negativos, baseado em traumas na infância.

Para começar a sair desse estado de auto sabotagem, é ideal que se mude a perspectiva que olhamos nossa realidade. Um pensamento que pode ajudar muito nesse caso é: se você seguir nesse mesmo caminho, quais são as chances de atingir seus objetivos e alcançar o que almeja? Para fazer isso, e como fazer, iremos te contar mais durante o texto abaixo.

Porque nos auto sabotamos?

Já vimos que a auto sabotagem é o quando não nos julgarmos merecedores de coisas boas, fazendo com que estejamos constantemente nos punindo e não alcançando o que desejamos. Mas aí você pode estar se perguntando, como essa mentalidade surge?

Isso pode acontecer por vários fatores, mas um dos principais são as experiências que temos durante a infância. Nessa época, se houverem muitas privações ou proibições, tornando-se um trauma, com o passar do tempo passamos a acreditar que merecemos isso.

Mesmo que sem consciência e intenção, nossos pais, avós, podem trazer sentimentos de abadono, culpa, fracasso, entre outros. Esses sentimentos afetam nosso subcosciente e culminam na auto sabotagem.

Como saber se estou me auto sabotando?

Muitas vezes as pessoas podem não perceber e não saber que estão se auto sabotando. E depois de um tempo com esse comportamento e mentalidade incorporados, fica difícil identificar com clareza quais ações estão tendo esse efeito.

Pra isso, iremos tratar de alguns pontos que aparecem e que devem ser observados.

Acreditar que não é merecedor e não reconhecer a próprias conquistas

Sempre que a pessoa atinge um objetivo ou uma conquista (e que seria motivo de felicidade e realização pessoal), a pessoa vê como algo que não merece. Um exemplo disso seria ao receber uma promoção no trabalho, o indivíduo atribuir aquilo à sorte, ou falar que teriam colegas mais capacitados para assumir o serviço.

Focar sempre no que falta ou no que não está bom

Todas as pessoas estão constantemente em busca de se aperfeiçoarem. Seja no trabalho, nas suas relações pessoais ou até mesmo na família. Sempre temos algo a melhorar. Mas no caso daqueles que estão se auto sabotando, elas não conseguem visualizar o progresso que estão fazendo, sempre focando no que ainda não foi feito.

Um exemplo disso seria um empresário que está buscando a melhoria da sua empresa. Mesmo tendo melhorado os processos de vendas em relação aos meses anteriores, e agora tenha mais clientes e eles estejam mais satisfeitos, ele foca apenas no que poderia estar melhor, não valorizando todo o avanço que já foi feito.

Constante necessidade de auto afirmação

Nesse caso a pessoa está sempre buscando falar sobre suas conquistas e objetivo, buscando a confirmação dos outros de que esteja no caminho certo. Essa atitude implica em colocar a sua autoestima em cargo do julgamento de outras pessoas. Sendo que esse julgamento pode nem sempre ser positivo, isso irá minar a confiança da pessoa.

Sentimento de inferioridade e necessidade de se comparar

Esse sentimento de inferioridade surge com a falta de compromisso e realização de seus objetivos pessoais. Paralelamente a isso, ao se comparar com outras pessoas que estão realizando, a pessoa se sente pior ainda por ver que “somente ela” não consegue.

Atualmente, com a internet, temos exposição a milhares de cenários que teoricamente são melhores e mais legais que a situação que estamos vivendo, o que pode agravar esse sentimento, pois é fácil achar pessoas pra se comparar.

Ter medo de falhar

A falha é uma parte perene de nossas vidas. Nós sempre teremos erros durante nossa jornada, e precisamos saber lidar bem com isso para que não se torne algo prejudicial a nossa saúde mental.

Quem se auto sabota, possui um medo excessivo de falhar e muitas vezes acaba deixando de executar as tarefas por acreditar ser incapaz de realizá-las.

Procrastinar tarefas importantes

Aliado ao ponto acima, a pessoa não realiza suas tarefas importantes. Sem realizá-las, ela não alcança seus objetivos, e sem alcançar seus objetivos ela se sente ainda mais derrotada. Esse ciclo vicioso começa a se tornar cada vez mais forte, ficando mais difícil de quebrá-lo.

Porém, há algumas formas de você mesmo identificar os pontos que estão lhe causando sabotagem e trabalhar para melhorar. Iremos apresentar algumas formas abaixo.

Como vencer a auto sabotagem?

A auto sabotagem além de por si só já ser muito prejudicial, ela pode desencadear mais doenças como ansiedade e depressão. Por isso é muito importante que saibamos como vencê-la.

1. Reconhecer que está se auto sabotando

Pare um dia, sente na sua mesa e tente pensar em todas as vezes que você se auto sabotou, e escreva isso em um papel. Abra sua mente para fazer esse exercício, o intuito aqui é você identificar os vários pontos que são os gatilhos para sua auto sabotagem.

2. Encontre os padrões

Depois que você tiver todos as situações em que você se auto sabotou no papel, tente ir repassando um a um, e identificando os padrões entre eles. Um exemplo disso poderia ser: toda vez que você conversa com seus amigos, você tem a sensação de que eles estão a sua frente. Por conta disso, você volta pra casa e não consegue mais cumprir as tarefas naquele dia.

3. Traçar metas e estratégias

O passo posterior, agora que você já possui alguns gatilhos e os padrões que o despertam, é traçar algumas estratégias para que eles não se repitam. Ao identificar os gatilhos, você consegue facilmente determinar algumas ações preventivas. Seguindo no exemplo acima, você poderia refletir se aquele grupo de amigos realmente são pessoas que estão sendo positivas na sua vida. Caso não sejam, você poderia começar a vê-los com menos frequência.

Outros pontos importantes

Trabalhar sua autoestima

Grande parte das vezes a auto sabotagem está ligada a baixa autoestima. Por isso, além dos pontos acima, você deve buscar o autoconhecimento e valorização das suas atividades, do seu corpo, da sua mente.

Esse é um trabalho que leva tempo, depende de vários fatores, mas que será determinante na resolução da situação.

Fazer terapia

Procurar um psicólogo para ajudá-lo com essas questões também é fundamental. Nenhuma dica ou remédio substitui o cuidado profissional.

Nas consultas com um psicólogo, ele conseguirá adaptar o tratamento para cada indivíduo, desconstruindo as crenças limitantes e educando o paciente como agir e pensar para que isso seja superado.

O terapeuta irá ajudar a pessoa a identificar seus reais desejos e objetivos, e alinhar quais comportamentos são necessários para atingir aquelas metas.

Dentro do processo terapêutico são utilizadas várias abordagens da psicologia, que tratam do paciente de maneiras diferentes.

Quer saber mais sobre abordagens da psicologia? Clique aqui!

Se torne um especialista em Terapia do Esquema! Clique aqui e saiba mais sobre nosso curso de Especialização!

41 3022-2947
WhatsApp: (41) 9 9263-2977
contato@iptc.net.br

SEDE INSTITUCIONAL
Rua Emiliano Perneta, 822 sl 1201
Centro, Curitiba / PR

SEDE ADMINISTRATIVA
Rua Emiliano Perneta, 10 sl 603
Centro, Curitiba / PR

IPTC - Instituto Paranaense de Terapia Cognitiva.