O que é Inteligência Emocional? – Saiba Como Desenvolver a Sua

O que é Inteligência Emocional? – Saiba Como Desenvolver a Sua

A inteligência emocional é a capacidade que uma pessoa possui de lidar com suas emoções e sentimentos, e também perceber e lidar com as emoções de outras pessoas.

O conceito de IE (Inteligência emocional) foi amplamente difundido pelo psicólogo norte-americano Daniel Goleman, que escreveu o livro “Inteligência Emocional” que trata especificamente do tema.

A inteligência emocional é um conceito que vem cada vez crescendo mais e sendo mais importante para o mercado de trabalho. Saber lidar com problemas, encarar os desafios do dia a dia de forma coerente e principalmente gerir pessoas ao seu redor são características que são cada vez mais exigidas dos profissionais.

Você pode estar se perguntando, mas como que eu sei se eu tenho essa tal inteligência emocional? É possível desenvolvê-la?

Essas são perguntas que iremos responder detalhadamente ao longo desse texto, mas já adianto que sim, é possível desenvolvê-la.

Os 5 Pilares da Inteligência Emocional

Autoconsciência

Essa é a sua capacidade de reconhecer com suas próprias emoções.

Você deve ser capaz de identificar o que está sentindo, de forma verdadeira. Às vezes nós achamos que estamos sentindo algo, mas na verdade esse sentimento esconde uma origem e uma razão muito mais profunda.

Um exemplo disso seria, você não conseguir se sentir feliz pelo sucesso dos outros, pelas conquistas de pessoas conhecidas. Você pode atribuir isso ao fato de não gostar da pessoa, por exemplo. Mas a verdadeira origem é que você gostaria de estar naquela situação e ainda não conseguiu.

Autorregulação

Após o momento em que você reconhece suas emoções e sabe sua origem, a parte mais difícil se encontra em como lidar com elas.

Um bom exercício para trabalhar essa habilidade, seria você ao final de cada dia, revisar as situações que passou e anotar o que sentiu em cada uma delas e como você lidou com aquilo.

Fazendo isso, você começa a identificar os padrões e gatilhos que causam certas emoções em você.

Esse exercício também fará com que você enxergue como você reage a algumas situações e como as pessoas ao seu redor reagem. Ao fazer isso, você consegue observar se suas atitudes são algumas vezes agressivas e podem estar prejudicando suas relações interpessoais.

Automotivação

A automotivação é sua capacidade de encarar os desafios e manter-se no caminho dos seus objetivos. A capacidade de se automotivar e manter-se motivado.

Para que isso ocorra, é essencial que se tenha uma mudança em hábitos ruins, que levam você para a procrastinação, para hábitos e rotinas que façam que você se mantenha motivado.

Com sua automotivação alta, você observará mais facilidade para cumprir suas tarefas no trabalho, por exemplo.

Empatia

A empatia é a nossa capacidade de enxergar situações pela perspectiva dos outros. É quando você consegue observar todas as perspectivas, de todas as pessoas sobre a mesma situação.

O que é Inteligência Emocional

Muitas vezes nos restringimos à nossa visão sobre um acontecimento, e ignoramos que as pessoas podem ter outros sentimentos e reagir de outras formas.

Isso pode acontecer por diversos fatores, como experiências de vida diferentes, formação, traumas, tudo acaba levando a diversas interpretações da mesma circunstância.

Um exemplo disso, seria a reação que cada pessoa possui a feedbacks negativos em relação a um trabalho. Alguns podem sentir motivação para melhorá-lo, enquanto outros podem ver de forma negativa, que não irão conseguir nunca chegar ao próximo nível.

Para conseguir lidar melhor com essas diferentes visões, é essencial que haja muita conversa e escuta das partes. Ver o que causa a pessoa a reagir daquela forma, e a partir daí adaptar suas atitudes.

Habilidades sociais

As habilidades sociais são o que farão você se relacionar de forma eficiente com qualquer pessoa. Para desenvolver as habilidades sociais, a empatia vista acima pode auxiliar muito.

Ela irá lhe ajudar a lidar com as diversas situações em diversos grupos sociais diferentes. Nesse caso, a forma com que você trata com um grupo de estudantes é diferente para a forma que você trata com trabalhadores de uma fábrica, que é diferente para a forma que trata com seus amigos.

Ao desenvolver a habilidade de comunicação, conseguindo adaptar sua linguagem verbal e comporal para cada caso, fará com que você conquiste a confiança dos ouvintes.

Como desenvolver inteligência emocional?

Com os pontos que foram citados acima, nós já passamos diversas abordagens para melhorar a sua inteligência emocional. Abaixo, iremos lhe mostrar mais algumas formas e exemplos aplicados no seu cotidiano.

Descubra quais habilidades melhorar

Você conseguir identificar quais pontos ainda devem ser melhorados é fundamental para desenvolver sua inteligência emocional.

Para ter mais clareza disso, como já foi dito acima, é fundamental que você tenha um caderno e faça anotações ao final do dia para que consiga perceber quais foram suas emoções.

Além disso, outra forma que pode lhe ajudar é pedir feedbacks para as pessoas que trabalham e convivem com você. Diga a eles que está em busca de melhorar seu autoconhecimento e no tratamento com as pessoas. Peça para que elas digam situações em você foi muito ríspido, ou que não deu a atenção que devia.

Isso irá lhe ajudar a identificar seus pontos fortes e fracos, e assim melhorá-los.

Prestar atenção nas reações das pessoas

Outro ponto fundamental para aprimorar sua inteligência emocional, é saber identificar quais emoções as outras pessoas estão sentindo. Você deve ser capaz de reconhecer quais são os desejos e necessidades das pessoas, ao conversar com elas. Grande parte das vezes, conseguimos captar esses pontos pela linguagem corporal.

Por exemplo, em um trabalho em equipe, ao prestar atenção nas pessoas e identificar o que motiva cada uma, podemos adaptar nosso comportamento para que isso seja atendido.

Converse com as pessoas que você entrou em conflito

Conversar com pessoas e resolver os conflitos que foram criados é uma situação que desenvolve todas as áreas da inteligência emocional ao mesmo tempo.

Na conversa sobre um conflito, você precisa controlar suas emoções (para não romper e explodir), você precisa identificar como a outra pessoa está se sentindo e também colocar-se no lugar dela para entender o que levou a briga.

Você com certeza estará fora da sua zona de conforto, tendo que enfrentar uma conversa sobre os conflitos. Porém, ao mesmo tempo, assim que vocês resolverem e conseguirem um acordo comum, isso irá fortalecer a relação e aumentará sua inteligência emocional.

Controle explosões

Assim como mencionado acima, controlar suas emoções (principalmente as negativas) é essencial para vivermos em sociedade. Controlar nossos rompantes de raiva ou explosões são um ótimo exercício de controle emocional.

Para que isso seja mais fácil, ao identificar que você está em seu limite, procure parar por alguns minutos e respire fundo. Inspire e expire o ar algumas vezes, de olho fechado, e isso fará você ter mais clareza nos pensamentos posteriores.

Lembrando que essas explosões não são nem um pouco benéficas. Tanto para seu trabalho, quanto para suas próprias relações interpessoais.

O que é Inteligência Emocional

Seus Principais Benefícios

Vimos então, que o desenvolvimento da Inteligência Emocional pode trazer diversos benefícios. Vamos listar alguns deles a seguir para resumir:

– Diminuição das brigas entre colegas e família

– Conseguir entender a visão do outro com mais facilidade

– Conseguir desenvolver relacionamentos de forma mais fácil

– Ter mais motivação e prazer para realizar suas tarefas diárias

– Ter mais consciência do que afeta a motivação do seu time (caso você seja um líder no seu trabalho)

41 3022-2947
WhatsApp: (41) 9 9263-2977
contato@iptc.net.br

SEDE INSTITUCIONAL
Rua Emiliano Perneta, 822 sl 1201
Centro, Curitiba / PR

SEDE ADMINISTRATIVA
Rua Emiliano Perneta, 10 sl 603
Centro, Curitiba / PR

IPTC - Instituto Paranaense de Terapia Cognitiva.